quarta-feira, 7 de setembro de 2022

Resumo Mensal - Agosto22 - 1,365 MM - por enquanto, subindo

Olá, caros fantasmas!

Tenho estado distante dos amigos da finansfera, pois o trabalho tem exigido demais. Mas, estamos aqui para mais um resultado mensal :)

Tivemos mais um mês positivo e confesso que não tenho prognóstico para o futuro breve. A guerra não acaba, o mundo segue de pernas pro ar e a paz (em todos os sentidos) parece cada dia mais difícil de ser vislumbrada. Minha estratégia continua igual, sigo avançando em RF e apenas pegando algumas subscrições em FIIs que tem aparecido.

Nesse mês atingimos 1,365 MM. Esse resultado com 29,8k de rendimento, resultando em +2,24%.


Agora vamos aos números:

1 - investimentos encerrados

O esperado grande resgate financeiro ainda não aconteceu, mas ainda ocorrerá esse ano.

Por enquanto tivemos um CDB de 3,4k encerrado esse mês. 



2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 

Então:

De dinheiro novo, aportamos 12,8k. 

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos o valor de R$6,6k.

Dividindo assim:

FII:4,4k  /  Ações:2,2k / Outros: nada



3 - investimentos realizados

Como sempre: 1,6k para previdência privada

Em RF: 17k em CDBs diversos e uma retirada de 6k do fundo de emergência.

Em RV: zero



4 - share de alocação de ativos

Estamos avançando nas profundezas da RF e ainda seguirei um bom tempo nesse mergulho.










5 - histórico mensal: 





































Vamos continuar rumo aos 1,4MM!

Abs.

P.I. 

sábado, 30 de julho de 2022

Resumo Mensal - Julho22 - 1,322 MM - eu desmaio na montanha russa...

 Olá, amigos fantasmas!


É, esse mês nós subimos...seguimos nesse zig zag que me deixa tonto e só estimula minha distância de qualquer plano mais complexo sobre investimentos. Tenho certeza que fantasmas mais preparados estão tirando proveito dessa oscilação, mas como trabalho como um doido, nunca dá tempo de aproveitar o mercado e costumo fazer escolhas duvidosas. É uma combinação de falta de estudos, desqualificação e zueira da vida.

Tendo esse cenário em vista, o que tenho feito? Renda fixa como um louco, doido, desvairado...foco total em pré fixados e IPCA+. Fiz uma compra de FII, mais porque tinha meses que não comprava nada e estava barato, do que uma ação planejada. Enfim, o tempo tem passado e eu tenho tornado cada vez mais simplório o meu jogo nesse tabuleiro.

Esse mês conseguimos acompanhar as subidas (nunca no mesmo patamar) e atingimos 1,322 MM. Esse resultado com 24k de rendimento, resultando em +1,86%.


Agora vamos aos números:

1 - investimentos encerrados

Retirei 4,6k do fundo de emergência e em Agosto precisarei resgatar mais 25k, então já preparemos os lenços.



2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 

Então:

De dinheiro novo, aportamos 17,6k. 

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos o valor de R$6k.


Dividindo assim:

FII:5,06k  /  Ações:991 reais / Outros: nada



3 - investimentos realizados

Como sempre: 1,6k para previdência privada

Em RF: 30k em CDBs diversos

Em RV: 1,8k em XPCI e 6,5k na subscrição do URPR



4 - share de alocação de ativos

Mantenho o mergulho profundo na RF.





5 - histórico mensal: 


Agora que chegamos em 1,3MM, adivinhem? Bora, para os 1,4MM!

Abs.

P.I. 

sábado, 9 de julho de 2022

Resumo Mensal - Junho22 - 1,279 MM - caiiiiiindo

Meus amigos fantasmas, cair é nossa sina.


Esse foi um mês de banho de sangue na carteira. Sigo avançando loucamente para renda fixa, mas mesmo com rendimentos que considero bacanas por lá, a renda variável está machucando demais nosso resultado. Dentre os papéis que temos, ocorreram quedas de mais de 20% e ainda sem perspectiva de melhora consistente.

Como pior do que ganhar pouco é não ganhar nada, sigo nesse caminho de investimentos, mas não consigo me desgarrar do sentimento de empilhamento de frustrações.

Esse mês nossa carteira caiu -1,33%, tendo resultado de -17k e voltando para 1,279k.


Agora vamos aos números.


1 - investimentos encerrados

Nada de nada. Mas, na reserva de emergência, gastei 1,5k



2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 

Então:

De dinheiro novo, aportamos 7k. 

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos o valor de R$6,2k.

Dividindo assim:

FII:5k  /  Ações:1,18k / Outros: nada



3 - investimentos realizados

Como sempre: 1,4k para previdência privada.

Em RF: 23k em CDBs diversos

Em RV: uma mixaria em OI e outra em MAGALU



4 - share de alocação de ativos

mantenho o mergulho na RF, mas acho que retornarei a compra de FIIs aos poucos...vamos observar o mercado e mês que vem, trago mais atualizações.



5 - histórico mensal: 




texto do mês passado: Se tudo ajudar, em junho atingiremos nossa meta de 1,3MM.

Deu ruim kkkkk


Vejamos quando conseguiremos retornar o crescimento...

Abs.

P.I. 

sábado, 4 de junho de 2022

Resumo Mensal - Maio22 - 1,290 MM - no zigzag de 2022, subimos nesse mês

 Meus amigos fantasmas, estamos de volta ao primeiro fim de semana do mês!


Eu já desisti de tentar entender o momento brasileiro / mundial  / universal e sigo trabalhando como um louco para assim, ter mais dinheiro para guardar. Talvez, se tudo der certo, eu consiga mostrar para alguns dos leitores, que mesmo na força, é possível chegar a algum lugar kkkkk 

Mas, vamos começar nosso papo. Esse mês nossa carteira subiu 1,28%, tendo rendimento + recebidos de 16k e aporte de 27k e atingindo 1,290k.

A estratégia se mantém a mesma de meses anteriores, tudo que posso juntar vai para renda fixa pré ou atrelada a inflação. Naturalmente, tenho alguns prés que ficarão, por um período, abaixo do CDI, mas já contava com esse impacto e sigo nessa estratégia comprando prazos mais longos. 

Agora vamos aos números.


1 - investimentos encerrados

Nada de nada.



2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 

Então:

De dinheiro novo, aportamos 27,7k. 

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos o valor de R$6,4k.


Dividindo assim:

FII:4,6k  /  Ações:1,7k / Outros: nada



3 - investimentos realizados

Em primeiro, o clássico: 1,4k para previdência privada.

Em RF: 31k em CDBs e LCI/A diversos

Em RV: nada



4 - share de alocação de ativos

Cada dia mais próximo do equilíbrio que desenhei como objetivo mas, ainda terei uns bons meses mantendo a estratégia em RF.




5 - histórico mensal: 


Se tudo ajudar, em junho atingiremos nossa meta de 1,3MM.


Abs.

P.I.

quinta-feira, 26 de maio de 2022

Resumo Mensal - Abril22 - 1,246 MM - atrasado, mas aqui!

Caros fantasmas, como estão?

Estou mais do que atrasado na postagem referente ao mês de abril :)

A verdade é que, em minha mente, tinha certeza que já havia feito a postagem desse mês, mas me enganei kkkk

Por isso, vamos sem muita conversa direto para os números... o mês de abril foi ruim e tivemos uma queda de -0,37% ou 4,5 mil reais. 


1 - investimentos encerrados

Nada.



2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 


Então:

De dinheiro novo, aportamos 46k. 

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos o valor de R$4,5k.

Dividindo assim:

FII:4,3k  /  Ações:126 reais / Outros: 43 reais



3 - investimentos realizados

Em primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.

Em RF: 3k reais em fundo de emergência / 30k em CDBs e LCI/A diversos

Em RV: 6k da subscrição em HCTR11 antes da queda (parabéns pra mim)



4 - share de alocação de ativos

Esse gráfico já foi alterado porque incluí os investimentos de maio, mas logo logo sai o fechamento de maio e vocês verão como já avançamos forte para nosso objetivo.



5 - histórico mensal: 

Nossa meta agora será os 1,3MM - sim, vamos de 100 em 100.



Abs.

P.I.

domingo, 17 de abril de 2022

Resumo Mensal - Março22 - 1,2 MM - nadando em piscina de renda fixa

Olá, fantasmas de todo universo, tudo bem?

Passo aqui mês após mês falando que tenho trabalhado demais, mas agora o cansaço tem afetado até meu tempo livre, pois a mente tem rejeitado qualquer forma de concentração extra. Logo, estou super atrasado com nossa gloriosa postagem mensal. Para os incautos que visitaram o blog logo no inicio do mês, como eu faço nos outros 50 blogs que sigo aqui na finansfera, desculpas sinceras é o que posso fornecer :)

Sobre a vida. COVIDão passando e agora sofreremos os efeitos de um prolongamento da guerra na Ucrânia.  Quando acabar, começaremos o caos das eleições. Será um ano maravilhoso.

O plano de 22 continua o mesmo, comprar tudo que puder de Renda Fixa enquanto as taxas estão elevadas, pois acredito que logo retornarão a patamares menos agressivos. Tenho comprado CDBs pré-fixados e atrelados a inflação e seguirei avançando até essa tempestade passar. Caso seja novo por aqui, você pode achar que isso desbalanceará a carteira, mas na verdade estou tão concentrado em RV que sigo aportando e ainda falta aproximadamente 75k em RF para chegar a proporção que desejo.

Falando de nosso clássico resumo, o mês de março foi melhor que fevereiro. Tivemos um resultado de +19,8k de rendimento + 15,8k de aportes. Nosso crescimento foi de +1,67%  no mês e atingimos 1.204k.

Vamos aos números.



1 - investimentos encerrados

nadica.



2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 

Então:

De dinheiro novo, aportamos 15,8k. 

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos o valor de R$5k.


Dividindo assim:

FII:4,2k  /  Ações:836 reais



3 - investimentos realizados

Primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.

Em RF: 360 reais em fundo de emergência / 27k em CDBs e LCI/A diversos

Em RV: nada de nada



4 - share de alocação de ativos

Seguimos aqui remando forte para renda fixa, em busca do balanceamento objetivado e com uma rentabilidade que considero bacana.




5 - histórico mensal: 

Agora nossa meta é segurar os 1,2M porque muitos dos papeis estão caiiiiiiindo em abril.








































Abs.

P.I.

domingo, 6 de março de 2022

Resumo Mensal - Fevereiro22 - 1,168 MM - caiu de novo :)

Olá, meus amigos fantasmas

Espero que todos estejam bem! 

O mês de fevereiro foi ótimo. Tivemos aumento de mortos por COVID no Brasil (então, vacinem-se), começou uma guerra na Europa, teve até troca de tiros perto de usina nuclear... o mundo está num momento encantador. (cargas de ironia forte nesse parágrafo)

Com tudo isso, seguimos esse mês avançando mais para renda fixa, focando ainda em escolhas pré-fixadas e IPCA+. Tivemos um resultado de -3k de rendimento + 13k de aportes. Nosso crescimento foi de -0,28%  no mês e atingimos 1.168k.

Vamos aos números.



1 - investimentos encerrados

Esse mês acabou uma debênture da CEMIG.



2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 

Então:

De dinheiro novo, aportamos 13k. 

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos o valor de R$4,2k.


Dividindo assim:

FII:4,1k  /  Ações:148,55 reais



3 - investimentos realizados

Nesse mês tivemos basicamente RF:


Primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.

Em RV: 2k em IRDM e 2,7k em URPR (subscrição nos dois casos) 

Em RF: 1k em fundo de emergência / 15k em CDBs diversos



4 - share de alocação de ativos

Depois de vários aportes recorrentes, ainda faltam 94 mil reais em RF para balancear a carteira. Essa caminhada será longa, mas vamos aproveitando as taxas e sigamos em frente.




5 - histórico mensal: 

vamos tocando pra frente rumo aos 1,2M. 






























Abs.

P.I.

domingo, 6 de fevereiro de 2022

Resumo Mensal - Janeiro22 - 1,158 MM - Ainda não caiu de novo...mas vai cair

Olá, caros fantasmas


Janeiro veio junto com o retorno de mortes e contaminação em massa. Em sua massiva maioria, os internados não tomaram vacinas, então faça o simples, tome a vacina :).

Enfim, nesse mês fui ainda mais para renda fixa, mas sigo não vendendo nada de RV. Estou investindo tudo em pré-fixados e IPCA+ e só compro ações ou FIIs se aparecer algo que mesmo um ignorante como eu consegue identificar como oportunidade. 

Tivemos um resultado de 26k de rendimento + 23k de aportes. Nosso crescimento foi de 2,34%  no mês e atingimos 1.158k.

Esse valor deve cair, pois precisarei socorrer um familiar com um valor alto, que provavelmente não retornará. Serão 30k... vamos aguardar as cenas dos próximos episódios e na próxima apuração mensal eu atualizo os amigos que acompanham o blog.


Simbora aos números.


1 - investimentos encerrados

Nada.



2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 

Então:

De dinheiro novo, aportamos 23k. 

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos o valor de R$4,6k.

Dividindo assim:

FII:4,5k  /  Ações:55 reais



3 - investimentos realizados

Nesse mês tivemos basicamente RF:

Primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.


Em RV: 1,3k em HGBS 


Em RF: 

5k em fundo de emergência

10k em CDBs diversos



4 - share de alocação de ativos

Ainda faltam uns 100k para a RF ficar adequada, mas com os aumentos da SELIC, ficarei nos pré-fixados por período indeterminado, então acho que vai rolar.











5 - histórico mensal: 

vamos tocando pra frente rumo aos 1,2M. 

































Abs.

P.I.

sábado, 1 de janeiro de 2022

Resumo Mensal - Dezembro21 - 1,109 MM - O respiro antes de um novo mergulho

 Como estão, meus amigos e amigas fantasmas


Dezembro veio para alegrar os corações, porém depois de ver 3 finais de ano, já entendi que janeiro ou fevereiro, tudo cairá novamente kkkk

Tivemos um resultado bacana como consequência da respirada dos FIIs, com crescimento de 3,3% (36k) no mês. Esse foi o melhor resultado percentual do ano e praticamente igual ao melhor que já tivemos em toda história da carteira.

 Em um breve resumo de 2021, tivemos um resultado anual de 4,5%, aportamos um total de 155k e tivemos 45k de rendimento e juros. Em resumo, sobrevivemos.    

Vamos aos números.


1 - investimentos encerrados

Nada.



2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 

Então:

De dinheiro novo, aportamos 9,7k. Aqui tem um erro referente a novembro. Errei em alguma fórmula e computei um aporte de 5k, porém foi de 10k - não que mude algo kkk.


Quanto aos rendimentos mensais, tivemos o valor de R$7,3k. Mais 1 recorde com vários valores não recorrentes (terceiro mês seguido)!

Dividindo assim:

FII:4,1k  /  Ações:1.6k /  outros: BDR da XP: 77 + CRIs: 1,4k



3 - investimentos realizados

Nesse mês tivemos pouca coisa.

Primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.


Em RV: 

Integralização de 16,7k em HABT11 e 8,7k em DEVA (esse é só errata, pois esqueci de contabilizar em novembro)  

1,7k em ITAUSA


Em RF: 

6k em CDBs diversos

3,6k em reserva de emergência



4 - share de alocação de ativos

Ainda peregrinarei por um tempo para melhorar essa alocação, mas sigamos em frente pegando essas taxas mais altas de RF mensalmente.











5 - histórico mensal: 

Aqui, estamos seguindo em frente rumo aos 1,2M. 

Só Deus sabe quando chegaremos kkk

































Abs.

P.I.

sábado, 4 de dezembro de 2021

Resumo Mensal - Novembro21 - 1,062 MM - Cataratas no Niágara

 Olá, meus amigos e amigas fantasmas


Pela segunda vez desde que começamos essa saga, vimos nosso resultado combinado entre rendimentos e aporte sair negativo. Tenho ficado mais distante da finansfera nesses últimos 2 meses, pois o trabalho tem me apertado bastante e a minha falta de estudo/habilidade com esse mundo de investimentos tem me frustrado mais do que normalmente.

Sei que essa percepção é muito em linha do cenário macro sem nenhuma perspectiva de melhora, mas é sofrido mesmo assim. Enfim, tenho comida, bebida, conforto, a família está com saúde e bem, dentro do possível. Tenho emprego e continuo conseguindo aportar, o que nos permite continuar crescendo.

Em resumos caímos pelo segundo mês seguido, agora de forma acachapante. Foram -2,36% contabilizando uma perda de 25,6k. Esse impacto se dá pelo desabamento do IFIX que representa bastante da nossa carteira.

Vamos aos números.


1 - investimentos encerrados

Nadica de nada.


2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 


Então:

De dinheiro novo, aportamos 5k.

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos o valor de R$5,3k. Mais 1 recorde!

Dividindo assim:

FII:4.023  /  Ações:1.294 /  outros: 0



3 - investimentos realizados

Nesse mês tivemos muita doideira.

Primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.


Em RV: 

10k em GOAU, para pegar o DY. 


Em RF: 

8k em CDBs diversos

-2k gastos em reserva.



4 - share de alocação de ativos

Abaixo, nosso share:











5 - histórico mensal: 

Aqui, o de sempre.




Abs.

P.I.

domingo, 31 de outubro de 2021

Resumo Mensal - Outubro21 - 1,075 MM - Demoramos, mas caímos :)

Como estão meus amigos e amigas fantasmas?


No mês passado eu escrevi isso aqui "Mais um mês devastador na renda variável e incrivelmente nós aqui sobrevivemos..." bem, esse mês a destruição se manteve na RV e não conseguimos resistir ao impacto :)

Nosso resultado foi de -0,63% e vamos nos dar por satisfeitos. Tendo em vista minha lentidão exacerbada para trocar de posição (eu nem lembro a última vez que vendi algum ativo e sei que isso não é bom), ainda estarmos no positivo no ano é realmente um milagre.

O resultado geral está em torno de 4% positivo, mas o interessante é que, como controlo basicamente duas carteiras (a minha e a da Sra. PI) vejo a diferença de estratégias e momento de compra impactando diretamente o resultado de 2021.

Vejam, de um lado está minha carteira, mais antiga e com aportes recorrentes além de mais posicionada em renda variável pré crise do COVID. STATUS: Destruída, com valor negativo que nem calculei para viver melhor em negação. 

Agora, a carteira da Sra PI, que avançou em RV durante a pandemia e onde foquei fortemente em FIIs de papel e ações com quedas drásticas, apresenta mais de 10% de crescimento no ano.  

Após essa breve análise da destruição, manteremos a estratégia de focar em renda fixa. Não tenho comprado nada atrelado ao CDI, mas minha busca do momento está considerando produtos com mínimo em taxas pré-fixadas acima de 12% ao ano e Inflação+5,8%. Até o momento, tenho encontrado oportunidades. 


Então vamos logo aos números!


1 - investimentos encerrados

Nesse mês tivemos 2 encerramentos, 1 LC e 1 CRI somando um valor de 3,5k. E uma retirada parcial de 3k de um fundo de emergência para ajudar uma amiga.


2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 


Então:

De dinheiro novo, aportamos 15,7k.

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos o valor de R$4,3k. Nosso novo recorde!

Dividindo assim:

FII:3.763  /  Ações:55 /  outros: 547

Um ponto importante aqui é que os FIIs de papel tem pago valores maiores que 1% a algum tempo, mas esse ritmo de pagamento não deve se manter no longo prazo. Com o arrefecimento da inflação, seus valores mensais serão diretamente impactados e nossos 3,7k se tornarão por volta de 3,2k. Por isso seguirei subscrevendo sempre que tiver dinheiro em caixa, para elevar o número de papeis na carteira. 


3 - investimentos realizados

Nesse mês tivemos pouca coisa...

Primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.


Em RV: 

550 reais da BDR da XP; Eu li bem pouco sobre o tema, mas entendi que deveria ter vendido logo que peguei, pois caiu bastante. 

3k da integralização das cotas do URPR11


Em RF: 

4k para refazer a reserva de oportunidade

5k em CDB 13,45%

2k em LCI 11,37%



4 - share de alocação de ativos

Abaixo, nosso share:

Além do nosso gráfico de sempre, que mostra minha vergonha, quero falar rapidamente dos 27% de FIIs. No último mês nosso amigo Jeferson abordou o tema nos comentários, então resolvi ser mais explicito dessa vez.

Dentro dos FIIs, minha carteira está dividida da seguinte forma:

74% em papel (BCRI, VRTA, HABT, HCTR, DEVA, XPCI, URPR e IRDM) 

3% em FOFs (BCFF e RBFF)

4% em lajes ou algo do tipo (XPPR e HGRE)

7% em shoppings (FVPQ, VISC e HGBS)

12% logística (GGRC e XPLG)

O peso enorme que a papelada ganhou na minha carteira se deu pelas muitas subscrições durante 20 e 21 com ágio no secundário. Como grau de comparação, no inicio de 2020, nós possuíamos menos de 50% em papel.

Agora com o fim das subscrições recorrentes, aproveitarei os preços baixos para voltar a comprar de forma recorrentes os FIIs de tijolos.


5 - histórico mensal: 

Aqui, o de sempre.




Continuem se cuidando e cuidando de suas famílias.

P.I.

domingo, 10 de outubro de 2021

Resumo Mensal - Setembro21 - 1,066 MM - RF, você por aqui?

 Olá, meus amigos e amigas fantasmas

Mais um mês devastador na renda variável e incrivelmente nós aqui sobrevivemos...nosso resultado do mês foi de + 0,66%. Os principais motivos dessa subsistência do ano são porque comprei PRIO3 em 2020, com um preço médio bem abaixo e os rendimentos de FIIs se mantêm altos pela alta de IGPM/IPCA. 

A partir desse mês, já comecei a retornar para renda fixa, as taxas de CDBs/LCI(A) já estão atrativas para o meu objetivo e as subscrições de FIIs começaram a minguar.

É ousado demais dizer isso, mas se tudo se mantiver como imagino, teremos uma renda mensal em torno de 3,5-3,8k mensais pelos FIIs e a maior parte dos aportes ateeeeeeé as eleições ficarão em renda fixa. Falei tantos meses que não via oportunidade (dentro da minha parca estratégia) e agora que a janela abriu, preciso aproveitar.

Ainda farei mais desinvestimentos em alguns fundos ao longo desse trimestre e aportarei em RF. Acredito que as incertezas ainda escalarão mais até a eleição, então apertemos os cintos e cuidemos de nossas famílias e amigos.


Vamos aos números!


1 - investimentos encerrados

Nesse mês tivemos 2 encerramentos muito relevantes, 1 CDB de 40k e a saída de um fundo multimercado de 22k.



2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 


Então:

De dinheiro novo, aportamos 6,6k.

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos o valor de R$3,2k. 

Esse mês não tivemos praticamente nada em ações, mas como continuo subscrevendo FIIs de papel, esse rendimento tende a aumentar.

Dividindo assim:

FII:3.147  /  Ações:77 /  outros: 28



3 - investimentos realizados

Esse foi um mês de muitas compras, mas de muitas quedas após essas compras :)

Primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.


Em RV: 

comprei 11k de XPCI no secundário, pois estava mais barato que na subscrição.

33k na integralização do HCTR11.

6k na integralização do IRDM11;

2k de HGRE11

2,8k de HGBS11 (como isso tá baratoooo)

1k de VISC11

1k de DEVA11 em alguma dessas quedas doidas.


Em RF: 

CDBs/LCAs pré fixados por volta de 12% ao ano: 27k

14k em CDBs atrelados ao IPCA+6 e alguma coisa.



4 - share de alocação de ativos

Abaixo, nosso share que tenderá a ficar mais alinhado do objetivo nos próximos meses











5 - histórico mensal: 

Aqui, o de sempre.





Abs.


P.I.

sábado, 4 de setembro de 2021

Resumo Mensal - Agosto21 - 1,053 MM - não conseguimos segurar

 Olá, sras e srs fantasmas


Tive um mês agitado nos investimentos. O mês foi de queda, mas fiz muita coisa e deu um certo trabalho organizar toda bagunça. O IBOV caiu novamente esse mês e agora foi acompanhado do IFIX. Caos institucional, reforma do IR, aumento da SELIC, inflação galopante...vamos ver onde isso dá.

No nosso mundinho, nossa carteira caiu -0,49%, mas vamos aos detalhes:   


1 - investimentos encerrados

Aqui tivemos 1 CDB de 10k sendo encerrado, além da baixa de 15,6k de um fundo de reserva para nova subscrição do HCTR11.


2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 

Então:

De dinheiro novo, aportamos 7,9k.

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos mais um recorde, com R$4,3k. 

Isso é fruto do constante aumento de cotas em subscrições de FIIs de papel e o pagamento de dividendos e JSCP de algumas ações. 

|Dividindo assim:

FII:2.903  /  Ações:1.387 /  outros: 27,67


3 - investimentos realizados

Primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.

Em RV: 

3 fundos: trigono, real investor e IP: 14,5k

1,2k em Banrisul e 3,5k em CVC em algum dia de queda relevante

28k na integralização do BCRI11


Em RF: 

CDBs pré fixados por volta de 12% ao ano: 8k

1,3k em uma debênture atrelada ao IPCA

1,5k em fundo de reserva (vou colocar aqui em RF pq é praticamente desse grupo)


4 - share de alocação de ativos

Lentamente vou aportando tudo que tiver em RF e na recomposição para minha reserva, porém, ainda existe um valor relevante em integralizações de FIIs. Elas impactarão positivamente na receita mensal (principal objetivo de tudo isso), mas desbalancearão ainda mais minha "pizza".












5 - histórico mensal: 

Aqui, o de sempre.


Abs.

P.I.

sábado, 31 de julho de 2021

Resumo Mensal - Julho21 - 1,050 MM - a tartaruga segue 2 - o retorno

 Olá, amigos fantasmas


Por aqui sigo em um ritmo de trabalho insano, que só tem me trazido ansiedade e desanimo. Acredito que a pandemia tenha sido ruim para quase todos e estou bem afastado da lista dos mais impactados, mas, esse distanciamento, combinado com o excesso de trabalho estão me fazendo desejar um emprego mais calmo e que permitisse respirar no fim do dia. 12 ou 13 horas todo dia tá ficando complicado pra mim.

Mas, deixemos as lamúrias e vamos aos resultados. Pelo que vi o IBOV caiu esse mês, mas o IFIX subiu...bem, ficamos no meio do caminho. Nosso crescimento no mês foi de 0,16%, menor que o CDI de julho, 0,35%.   

Vamos aos detalhes:


1 - investimentos encerrados

Esse mês não tivemos nada por aqui.



2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes + retiradas de reserva de oportunidade. 


Então:

De dinheiro novo, aportamos 11k.

Quanto aos rendimentos mensais, tivemos nosso recorde batendo R$3,178. 

Se dividindo assim:

FII:2,943,73  /  Ações:206,77 reais  /  outros: 27,51 reais



3 - investimentos realizados

Primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.


Em RV: tivemos a integralização do DEVA, 10,8

RF: Nadica de nada

O resto do dinheiro tá em caixa, mas caixa mesmo, nada investido, parado na conta da corretora.



4 - share de alocação de ativos

Nada além do caos. As subscrições têm me permitido aumentar meus número de cotas e tenho entrado em todas...por isso o % de FIIs está tão alto. Para piorar essa distribuição, esse valor será aumentado logo, pois integralizará em agosto 28k do BCRI e estou nas subs do URPR, IRDM e HCTR. 

Mas, vamos seguindo:



5 - histórico mensal: 

Aqui, o que vocês já conhecem




























Abs.

P.I.

domingo, 4 de julho de 2021

Resumo Mensal - Junho21 - 1,037 MM - a tartaruga segue escalando a montanha

 Meus amigos fantasmas, como estão?

Hoje não tenho nenhuma reflexão tola sobre a vida, então vamos direto aos números.

Após atingir nosso primeiro milhão, esse foi um mês de pouco resultado. Acredito que muitos dos blogs amigos tenham tido resultados melhores, mas como tenho um volume grande do patrimônio em FIIs, recebi na cabeça a queda das cotação devido a proposta de tributação.

Nosso crescimento no mês foi de 0,11%, menor que o CDI de junho, 0,31%.   

Vamos aos detalhes:


1 - investimentos encerrados

Junho foi mais um mês que precisei fazer algumas movimentações para suportar novas subscrições em FIIs.

Retirei 9k de um fundo de liquidez diária e 3k da Nuconta.



2 - dinheiro disponível para investimento

Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes + retiradas de reserva de oportunidade. 

Então:

De dinheiro novo, aportamos 15,9k.

Quanto aos rendimentos mensais, nosso resultado foi de 2,7k. Ficando assim:

Total: 2.722

Composto por - FII:2,59k  /  Ações:101 reais  /  outros: 26 reais



3 - investimentos realizados

Primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.


Em RV:

Primeiro, todo o dinheiro retirado dos fundos de liquidez + nuconta + algum dinheiro que tinha na corretora, foram usados na subscrição do BCRI11. Como ele é um fundo que tenho a muito tempo e sempre participo das subscrições, o volume de cotas somando a subs + as sobras é bastante relevante (quero dizer muito dinheiro) pra mim.

Também tivemos mais uma integralização de cotas, agora do HCTR11, com 9k.

Também compramos mais de XPCI (1k), GGRC (1,3k), e DEVA (2k) que caíram quando veio a noticia da tributação.


RF:

Esse mês foram 2,2k em uma debênture IPCA + 5,9%.

O resto do dinheiro tá em caixa, mas caixa mesmo, nada investido, parado na conta da corretora.



4 - share de alocação de ativos

Ainda preciso recuperar minhas reservas devido as subscrições, mas era um cenário esperado devido a tantas ofertas de FIIs. 



5 - histórico mensal: 

Aqui, o que vocês já conhecem















Abs.

P.I.

quinta-feira, 3 de junho de 2021

Resumo Mensal - Maio21 - 1 Milhão!!! - e nada mais a dizer

Meus caros amigos...Sra e Sr P.I agradecem sua companhia nessa jornada e anunciam...

CHEGAMOS AO 1º MILHÃO!!!

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA


Mais precisamente R$1.018.591.


Eu havia pensado em diversos posts que poderiam ser feitos em "comemoração" a essa marca, talvez um retrospecto do blog, um post sobre minha vida difícil ou qualquer coisa do gênero, mas ao apurar o resultado do mês, o sentimento foi outro. O que me levou aqui, a este meu post padrão. Feliz com uma meta virtual alcançada, mas refletindo o quanto será necessário passar para atingir os. mais ou menos, 3 milhões e assim não depender de trabalho para viver.

Voltei a um ritmo de trabalho muito intenso, de umas 12 horas por dia durante a semana e uma ou duas horas também nos fins de semana. Esse cenário tem se mantido a muitos meses e realmente não vejo saída dessa corrida dos ratos. Agora uma promoção se escancara como oportunidade real. Mas, a que preço? Ontem recusei um encontro com amigos, parte por medo do corona, é claro, mas principalmente porque estava trabalhando e o cansaço já tinha levado todas as minhas forças pra correr ao encontro deles...

Escrevo esse post em um momento de reflexão sobre o quanto custa alcançar objetivos mais elevados profissionalmente e mais do que isso. Como é triste saber que caso eu não quisesse correr nessa roda sem fim, não sei como teria uma velhice digna.

Mas, chega de reflexão e vamos aos números!

Nosso milhão foi resultado de um crescimento de 1,4% no mês. Nosso crescimento tem sido menor que a maioria dos amigos de outros blogs, mas pelo menos temos acumulado resultados positivos desde nov/20. Crescemos devagar, mas continuamos a subir!  

Simbora aos detalhes:



1 - investimentos encerrados

Esse mês precisei fazer algumas movimentações para suportar as novas subscrições em FIIs.

Retirei 10k de um fundo de liquidez diária e 5,5k do tesouro direto. Tudo mantido no caixa.



2 - dinheiro disponível para investimento

Explicando o título enquanto não invento um nome melhor: Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes + retiradas de reserva de oportunidade

Então:

De dinheiro novo, aportamos 18,7k.

Quanto aos rendimentos mensais, nosso resultado foi de mais de 2k pelo 4º mês seguido. Ficando assim:

Total: 2.594

Composto por - FII:2,28k  /  Ações:290 reais  /  outros: 26 reais



3 - investimentos realizados

Primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.


Em RV:

Tivemos mais integralização de cotas, com 7,7k em IRDM11.

Também compramos mais de HGRE (2k), HGBS (1k), GGRC (2,3k), XPPR (1,2k) e DEVA (10k) que caíram mais em maio.


RF:

aqui foram, 5k em 1 CDB.

O resto do dinheiro tá em caixa, mas caixa mesmo, nada investido, parado na conta da corretora.



4 - share de alocação de ativos

Esse mês foi necessário tirar dinheiro de oportunidade e em junho ainda teremos subscrições (o mercado tá doido), o que manterá o share fora de prumo. Mas, logo retornaremos a um cenário menos bagunçado. Falo da carteira e não do Brasil kkkk. 





5 - histórico mensal: 
Aqui, o que vocês já conhecem











Se cuidem.

P.I.

domingo, 2 de maio de 2021

Resumo Mensal - Abril21 - 985k - Estamos quase lá!!!

 Olá, fantasmas que acompanham mensalmente essa história...

Estamos chegando...985 mil reais! Tamo chegaaaando...


Mas antes, volto a minha ladainha mensal de escrever para se cuidarem, cuidarem de suas famílias e ajudarem quem, nesse momento, não tem como se sustentar ou precisa de algum apoio. Passamos dos inacreditáveis 400 mil mortos, tão logo 2% da população.

Voltando ao tema, chegamos aos 985 mil, com crescimento de 1,14%.  

Simbora aos detalhes:


1 - investimentos encerrados

Nada de nada...mas preciso vender algumas ações. Sempre fico receoso de vender, pois demorei para comprar, efetivando apenas após analisar e entender que as empresas eram boas.

No resumo da ópera, falta confiança e tempo a esse Sr. P.I. que vos fala para ser mais arrojado e rentabilizar melhor. História velha até aqui.



2 - dinheiro disponível para investimento

Explicando o título enquanto não invento um nome melhor: Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 

Então:

De dinheiro novo, aportamos 14,7k (lembrem que parte desse valor eu deixo em caixa raiz - como comentaram em algum mês anterior ahahahah. Nas corretoras ou na conta do Nubank, que não uso para conta corrente e sim como uma poupança ou qualquer coisa que o valha)

Quanto aos rendimentos mensais, nosso resultado foi novamente acima de 2k. Ficando assim:

Total: 2.337

Composto por - FII:1,8k  /  Ações:499 reais  /  outros: 25 reais



3 - investimentos realizados

Primeiro, o de sempre: 1,4k para previdência privada.


Em RV:

Tivemos a integralização de cotas que falamos no mês passado em HCTR e DEVA. 

Além disso, comprei mais de HGRE (2,7k), HGBS (4k) e DEVA (5k) que caíram bastante e aproveitei a oportunidade e coloquei mais 5k no Fundo da Dahlia.


RF:

aqui foram, 3k em 2 CDBs.

O resto do dinheiro tá em caixa, mas caixa mesmo, nada investido, parado na conta da corretora.



4 - share de alocação de ativos

Aqui o meu problema da renda fixa permanece...






5 - histórico mensal: 

Aqui, o que vocês já conhecem



Se cuidem.

P.I.

sexta-feira, 2 de abril de 2021

Resumo Mensal - Março 21 - 960k - Tá tudo ruim, mas estamos subindo na força...

Olá, caros fantasmas que acompanham nossa jornada!

Na nossa última postagem, havia chegado a marca de 250k mortos. Já passamos dos 300k e sem percepção de freio. Nem tenho mais o que falar, familiares relativamente próximos continuam adoecendo, internando, entubando. Tenhamos fé e bom-senso. 

Se cuidem! 

Nesse mês alcançamos o valor de 960k!!! com um crescimento de 0,34%.  

Como podem observar, o crescimento foi bem pouco e quase 100% dele é fruto dos rendimentos pagos, por ações e FIIs. Tendo em vista que nosso objetivo futuro é pagar as contas com os rendimentos, tudo certo. O que precisamos fazer é continuar acumulando e comprando ativos interessantes, ao menor preço possível, dentro do tempo que tenho.

Esse foi um mês ruim para nossa carteira, mas mesmo assim conseguimos crescer o patrimônio. Sobre esse ponto, mês após mês vocês acompanham minhas lamentações por perder oportunidades, não vender quando é relevante e minha falta de traquejo com o "mercado", mas caso você se identifique comigo, saiba que focar no ganho de mais dinheiro pode ser uma forma mais eficiente de alcançar seus objetivos. Tente ganhar mais, de alguma forma. Ao menos pra mim, foi mais fácil evoluir profissionalmente do que aprender a investir melhor rs.

Simbora aos detalhes:

1 - investimentos encerrados

Tivemos o fim de um CDB veeelho, de 3 anos atrás que nos devolveu 5,9k e rendeu 17% no período.



2 - dinheiro disponível para investimento

Explicando o título enquanto não invento um nome melhor: Aqui ficam todos os valores que recebemos de rendimentos de FIIs/Ações/CRIs + novos aportes. 

Então vamos lá.

De dinheiro novo, aportamos 27,5k


Quanto aos rendimentos mensais, nosso resultado foi novamente acima de 2k. Ficando assim:

Total: 2.187

composto por - FII:1,8k  /  Ações:356 reais  /  outros: 31 reais



3 - investimentos realizados

Primeiro, você já sabe: 1,4k para previdência privada.


Em RV:

Esse mês tivemos subscrições do BCFF11 (eu também não sei porque continuo com ele na carteira), URPR, IRDM e sobras de HCTR e DEVA.

E também comprei Sanepar, quando caiu bastante. Foram 600 ações a 3,96.


Sobre Renda Fixa:

Bem...tenho me agarrado ao FGC e seguido com CDBs de um banco pequeno com alto retorno rs. Fé é o que nos move.

Então foram 6k em um CDB de 13% ao ano.


O resto do dinheiro tá em caixa, mas caixa mesmo, nada investido, parado na conta da corretora.



4 - share de alocação de ativos

Melhorou um pouco a bagunça do mês passado, mas levarei mais tempo para distribuir de forma digna as alocações.




5 - histórico mensal: 

Aqui, o de sempre.




Valeu!

P.I.

domingo, 28 de fevereiro de 2021

Resumo Mensal - Fevereiro 21 - 931k - Em meio ao caos, a renda passiva segue subindo...

Meus caros fantasmas, bem-vindos.


Chegamos aos 250k mortos, votando para aumentar a abrangência da imunidade parlamentar e sem nenhuma luz no fim desse túnel. Nesse mês tudo correu bem, minha família e amigos próximos estão bem e continuamos nos cuidando. Se cuidem, por favor. 


Começando nossa história, fechamos o mês com 931k, apresentando um resultado geral de 0,19% no mês.

Mesmo com um mês ruim da bolsa, conseguimos sobreviver e não ficar no negativos. Esse resultado se dá pelo rendimento dos FIIs. Eles são minha principal concentração de ativos e tenho me sentido confortável com sua variação.

Já postei sobre como analiso FIIs, de forma rudimentar aqui. Por acaso, é o post mais visto do blog e merece uma atualização nesse momento onde os fundos de papel estão intensos em seus pagamentos. Mas como não tenho tempo para tanto estudo, vou nos mais óbvios e me arrisco pouco.


Agora, sigamos aos detalhes:

1 - investimentos encerrados

Nada de nada.


2 - dinheiro disponível para investimento

Explicando o título enquanto não invento um nome melhor: Para uma organização mental mais adequada, precisei substituir o título desse bloco e mudar sua ordem de 3 para 2. Precisamos deixar claro que todos os valores investidos no mês vêm de uma combinação do caixa, valores de investimentos encerrados, dinheiro novo e rendimentos mensais de FIIs/Ações/CRIs. 

Então vamos lá.

De dinheiro novo, aportamos 5,1k


Quanto aos rendimentos mensais, nosso resultado foi inflado por uma amortização de CRI de mais de 500 reais. Ficando assim:

Total: 2.774 (recorde, mesmo tirando o valor não recorrente!!!)

composto por - FII:1,7k  /  Ações:437 reais  /  outros: 630 reais


3 - investimentos realizados

Primeiro, o básico: 1,4k para previdência privada.

E para quem acompanha a algum tempo já viu essa citação, mas tenho que usa-la novamente, pois foi relevante:

"Como falei em posts anteriores, tenho deixado um valor relevante no caixa para aproveitar as subscrições e possíveis oportunidades. Apenas para explicar aos amigos que não leram ou são novos, meu trabalho me toma muuuuito tempo e não consigo um market time bacana, então com isso em vista, tenho deixado dinheiro em caixa na corretora, para uma oportunidade surpresa." (post passado)


Repito essa parte pois, na queda da Petrobras, pude comprar mais algumas ações. Foram 4,4k em 200 ações durante uma queda vertiginosa com a saída  retirada de seu presidente. (essa frase está quase igual ao caso da eletrobras, do mês passado).


Além de PETR4, compramos:

LCA pré, pagando 8,5% - preciso aportar alguma coisa em renda fixa...é por isso.

DEVA11: este é um FII pequeno de papel, que tem pago bons rendimentos e sua carteira parece bem consistente. Comprei com um VP gigante e apenas algumas cotas. Meu objetivo foi entrar na subscrição + sobras + Lote adicional e assim reduzir esse valor de VP. Contarei as cenas dos próximos capítulos.

Além disso, esse mês tivemos mais uma subscrição de HCTR11 e vem por ai mais uma de  IRDM11 (acho que virá em março). 


Aqui preciso colocar um parêntese rápido. Algum de vocês tem FIIs na carteira? O pagamento de fundos de papel tem sido beeeeem relevante, pois o IGP-M vem devastando tudo e uma inflação parece se aproximar mesmo do IPC-A. Acho que por isso, os preços estão na lua. como exemplo, o IRDM11 está negociado a 1,57 do VP, o que é surreal pra mim. Não sou um exemplo de bom comprador ou hábil quanto ao time market, mas fiquem atentos e procurem um pouco mais de fontes além dos vídeos mais vistos do youtube na hora de decidir uma compra.


4 - share de alocação de ativos

A desordem costumeira segue abaixo. Novamente em minha defesa, digo que a renda fixa não tem me ajudado.




5 - histórico mensal: 


Obrigado pela companhia.

P.I.

sábado, 30 de janeiro de 2021

Resumo Mensal - Janeiro 21 - 924k - Enquanto nada acontece, seguimos subindo

Fantasmas que visitam esse diário, como estão?


Como esperado, chegamos na maior média móvel de mortes desde o início dessa zorra de COVID, as festas de fim de ano fizeram seu serviço e perdi mais 1 familiar. Então, por favor, se cuidem. 

Com a visibilidade óbvia dos fatos, a bolsa começou sua queda. No dia que escrevo, estamos novamente as voltas com uma possível greve dos caminhoneiros e no mundo real, as pessoas morrem asfixiadas pela inoperância completa...a tinta de surrealidade começa a parecer normal e nossa apatia vai se tornando o padrão ainda mais marcado como povo. Um leve desabafo. 


Avançando para o mundo dos dinheiros, chegamos aos 924k, conseguindo um rendimento de 0,5% mesmo em um mês de queda da bolsa. Resultado atingido devido ao que temos em FIIs, RF e rendimentos, que atingiram seu recorde esse mês.


Sigamos aos detalhes:



1 - investimentos encerrados

Esse mês não tivemos nenhum encerramento/venda de investimentos.



2 - renda passiva dinheiro disponível para investimento

Para uma organização mental mais adequada, precisei substituir o título desse bloco e mudar sua ordem de 3 para 2. Precisamos deixar claro que todos os valores investidos no mês vêm de uma combinação do caixa, valores de investimentos encerrados, dinheiro novo e rendimentos mensais de FIIs/Ações/CRIs. 

Então agora, o item 3 também apresentará uma linha de dinheiro novo ou aporte do mês, para tornar essa bagunça um pouco mais organizada.

Então vamos lá.

De dinheiro novo, aportamos 11.9k

Quanto aos rendimentos mensais, conseguimos o melhor resultado até hoje, com 1,8k mensais, distribuídos em:

FI:1,6k  /  Ações:182 reais  /  outros: 24 reais



3 - investimentos realizados

Antes de tudo, 1,4k para previdência privada.


Agora, preciso referenciar esse parágrafo do mês passado:

"Como falei em posts anteriores, tenho deixado um valor relevante no caixa para aproveitar as subscrições e possíveis oportunidades. Apenas para explicar aos amigos que não leram ou são novos, meu trabalho me toma muuuuito tempo e não consigo um market time bacana, então com isso em vista, tenho deixado dinheiro em caixa na corretora, para uma oportunidade surpresa." (post passado)

Pois, na queda da Eletrobras, pude comprar algumas ações. Foram 8,3k em 300 ações durante uma queda vertiginosa com a saída de seu presidente.

Ainda falando de compras, compramos:

HGRE11 7,5k: fundo com várias lajes corporativas que julguei interessante e também com desconto em seu valor patrimonial 

HGBS11 4,3k: fundo de shoppins com uma carteira bem grande e ainda abaixo do valor patrimonial

Forpus Ações FIC FIA 5k: Fundo com histórico bem relevante de resultados e gostei muito das entrevistas com os gestores que encontrei na internet.

Além disso, as subscrições de HCTR11 e IRDM11, BCRI11 foram integralizadas.



4 - share de alocação de ativos

Sigo aqui ainda em desordem constante. Em minha defesa, digo que a renda fixa não tem me ajudado.





5 - histórico mensal: 


Aos amigos que acompanham mensalmente ou esporadicamente, se cuidem.


Mais uma vez, obrigado pela companhia.


P.I.